Para poder visualizar o resto do forum Click Aqui e se ja tiver registrado so logar..
Shinobi - Legacy Of The Gods

O nosso legado continua, mesmo depois da morte.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo Mensagem [Página 1 de 1]

1default [Ame] - Entrada / Saída em Ter Fev 03, 2015 1:38 pm

'Aegon

'Aegon
Participativo
Participativo



[Ame] - Entrada / Saída TUmxRBP

Entrada da Vila da Chuva.
A entrada da Vila da Chuva é uma Grande Ponte guarnecida por guardas.

2default Re: [Ame] - Entrada / Saída em Dom Fev 15, 2015 9:43 pm

Hayato'

Hayato'
Admin
Admin

Parte 1: Enquanto eu caminhava até a vila de Konoha, parei em uma vila onde ouvi alguns rumores sobre a localização da Gunbai, o lendário leque dos Uchihas usado por Madara na 4ª Grande Guerra Ninja. Segundo os boatos, a Gunbai se localizava em Amegakure no Sato, uma pequena vila próximo do lugar onde eu estava quando escutei tais rumores, sem pensar duas vezes fui até lá para confirmar se estar história era mesmo verdadeira, pelo que eu soube a Gunbai está nas mãos de Bandidos e não de Uchihas.

Parte 2: No caminho, eu comecei a pesquisar sobre o suposto grupo de bandidos que tinha a posse da Gunbai, eles eram bem conhecidos pela região de Ame e aos seus arredores, o nome da organização é Night Raid, ladrões de elite que roubam apenas artefatos extremamente valiosos. Eu não me importava se eles tinham fama ou não, fui até Ame com a intenção de devolver a Gunbai ao se devido lugar, nas mãos do clã Uchiha... Nas minhas mãos. Sendo assim, segui meu caminho até Amegakure, apesar de não estar com meu chakra completo, o que tinha em mim era o suficiente para lidar com esses bandidos.

Parte 3: Finalmente havia chegado em Ame, um local que fazia jus ao nome de Aldeia da Chuva, já que uma intensa chuva fazia companhia aos moradores da vila, só não é pior que o calor de Suna. Fiz meu caminho até uma taverna que havia em Ame, muitos moradores que eram envolvidos com crime ficavam por lá, mas primeiro eu mudaria minha aparência com o Henge no Jutsu, eu teria que parecer com um bandido, então me transformei em um brutamontes careca e cheio de cicatrizes pelo rosto, enquanto andava até a taverna, muitas pessoas olhavam com medo para mim.

Parte 4: Chegando na Taverna, passei lentamente pela porta enquanto observava todas as pessoas ali presente, fui até o homem que estava no balcão e lhe perguntei, - Olá, poderia me dar algumas informações sobre a Night Raid? - Falei enquanto estendia minha mão direita por cima do balcão, lhe oferecendo 100 Ryous, o balconista aparentava ser um valentão com aquela cara toda fechada e com pinta de bandido, então deduzi que ele não me daria informação alguma de graça, ofereci 100 Ryous apenas por garantia de informações úteis.

Parte 5: O Homem sem hesitar me disse, - Não mencione este nome aqui, não quero problemas com esse grupo de bandidos... Mas sei onde fica sua moradia, é em meio aquela floresta que fica aqui perto. - Falou cochichando em meu ouvido, imediatamente me retirei do local, indo até a floresta que o homem havia me indicado. Chegando na floresta, comecei a caminhar para dentro dela, me aprofundando naquela imensidão que transparecia ser um ambiente nada amigável, com sua densa escuridão servindo de companhia para o lugar.

Parte 6: Comecei a vagar pela floresta, sem rumo, já que não tinha ideia de onde os bandidos poderiam estar se escondendo, era uma floresta razoavelmente grande, eu não poderia ficar apenas andando por aí com esperança de achar o esconderijo deles. Já estava a anoitecer e eu não tinha pistas sobre seu esconderijo, montei uma pequena fogueira para servir de aquecimento, usei uma caverna para me proteger da chuva e então me deitei até adormecer. Ao acordar, me vejo amarrado por algumas correntes e algumas pessoas me perguntando o meu nome.

Parte 7: Aquelas cordas não eram o suficiente pra me parar, mas pelo visto tudo saiu como o esperado... A fogueira chamou atenção dos bandidos e o meu corpo adormecido fez com que eles pensassem que poderiam me pegar. Mas ao acordar eu ativei o meu Sharingan e coloquei os 2 bandidos que estavam me vigiando sobre o meu controle, utilizando de uma técnica do clã Uchiha, - Onde está a Gunbai? - Perguntei aos dois enquanto me soltavam das amarras daquela corrente, - E-e-está no c-cofre da ba...se... - Foram as únicas palavras que saíram daqueles dois, antes de eles desmaiarem.

Parte 8: Me encontrava em uma sala escura já que a pouca iluminção do local era feita por tochas, aparentava ser um lugar subterrâneo já que estava muito quente e abafado, a sala tinha um tamanho bem pequeno onde só havia uma cadeira onde eu estava amarrado e uma porta. Me levantei da cadeira e fui até a saída do quarto, saindo de lá, eu me deparei com um imenso corredor, a sala onde eu estava ficava no final desse corredor. Em seguida eu pude escutar algumas vozes ecoando pelo corredor, corri pelo caminho em minha frente com a intenção de chegar aquela voz.

Parte 9: O corredor certamente era muito extenso, fiquei cerca de 10 minutos correndo até chegar ao final dele e em seguida pude me ver cercado por 10 bandidos. Eu não estava com medo deles, mas eu precisava de informações sobre a localização da Gunbai, portanto eu teria que atacar sem ser para matar. Logo joguei todos em um genjutsu de controle, todos obedeciam as minhas ordens agora... Com isso eu consegui a informação sobre onde estava o líder deles, já que ele estava em um quarto ali perto eu não teria dificuldade de chegar até ele.

Parte 10: Entrei no quarto onde o líder estava, que a propósito eu soube que ele se chamava Tenzou... Fui capaz de derrotá-lo com facilidade e finalmente consegui a localização da Gunbai, ela tinha sido vendida para um homem muito rico de Ame, ele planejava dar a Gunbai para o Kage e ganhar um alto cargo na sociedade de Amegakure, mas eu não poderia deixar que ele desse a Gunbai para o Kage, se isso acontecesse eu teria que iniciar uma guerra com Ame para poder ter a posse da Gunbai, eu não precisava de mais um inimigo.

Parte 11: Eu tinha algumas pistas sobre onde ficava a casa do tal homem rico, seu nome era Sasaki. Voltei para a vila de Ame e fui até o local onde ficavam as pessoas mais ricas da cidade, chegando lá eu peguei algumas informações e descobri qual era a casa dele, não ficava muito longe de onde eu estava então fui andando até lá, sem muita pressa, como era de madrugada, não tinha chances de ele oferecer a Gunbai para o Kage uma hora dessas. Chegando lá, pude ver uma mansão enorme, era talvez maior que todas as outras casas luxuosas de Ame.

Parte 12: A segurança de lá era alto, devido ao dinheiro que foi investido nisso, não seria tão fácil invadir o lugar mas também não seria difícil. Usei o Henge no Jutsu novamente, desta vez me transformei em um dos seguranças de lá, para não ficar duas pessoas com a mesma aparência vagando pelo campo de casa, eu peguei o segurança que eu usei para me transformar e o matei, depois escondi seu corpo em uns arbustos no bem escondidos perto do muro, não seria fácil vê-lo ali. Com tudo isso feito, adentrei o local e fui até a entrada da casa.

Parte 13: Dois seguranças tentaram me barrar, mas como eu já estava com meu sharingan ativo foi fácil jogá-los em um genjutsu e logo eu pude seguir o meu caminho, abri a porta da casa silenciosamente para que ninguém escutasse e me vi em um grande salão, era realmente a casa de uma pessoa rica, várias coisas caras e móveis pela casa. No salão havia uma escada que levava para o segundo andar da mansão, eu deduzi que era lá que ficava o quarto do Sasaki, corri pelas escadas em silêncio e entrei em um corredor que havia vários quartos.

Parte 14: Desfiz o Henge, eu não conseguia me acostumar com a ideia que eu estava com outra aparência, era arriscado? Sim, mas isso pouco me importava já que eu tinha conseguido invadir a mansão. Fui abrindo porta por porta até achar o quarto de uma garota, ela estava acordada e aparentava ter 17 anos de idade, ela parecia não se importar com o fato de que um estranho acabara de abrir a porta de seu quarto no meio da noite, seus olhos expressavam tristeza e solidão, não pude tirar aquela imagem da minha cabeça, - "O que aconteceu com ela?" - Foi o que eu me perguntei.

Parte 15: Eu não iria fazer nada com ela, não acho que ela merecia qualquer ato de maldade então quando eu estava prestes a sair do quarto enquanto fechava a porta, ela me segurou - Quem é você? - Ela falou com um tom bem baixo, eu lhe respondi com, - Gokudera Seizou[/img] - Não daria meu nome de verdade para ela é claro, em seguida ela me abraçou e então foi aí que nós tivemos uma relação sexual que durou 3 horas. Em seguida, eu saí do quarto enquanto ela dormia e fui até o quarto que eu não tinha visto ainda, então eu achei o quarto de seu pai.

Parte 16: Abri a porta do quarto violentamente fazendo com que o velho acordasse assustado, antes que ele gritasse pelos seguranças eu lhe tampei a boca e o fiz falar sobre a Gunbai, não precisou de muito esforço da minha parte para que ele me desse as informações que eu queria, rapidamente ele me levou até uma sala secreta que havia na sua sala e me mostrou, aah, o Leque lendário do clã Uchiha, quando fui até a Gunbai para pegá-la um alarme disparou fazendo com que todas as saídas da mansão e daquela sala secreta se fechassem.

Parte 17: Eu estava com a Gunbai em minhas mãos, mas estava preso ali naquela sala... - Hahahaha! Esse leque não sairá daqui, ele é meu... Mesmo que custe a minha vida eu irei mantê-lo em minha casa. - Resmungou o velho enquanto dava alguns passos para longe de mim, - SEU!? Esse leque é uma regalia do clã Uchiha seu tolo, não ouse dizer que um mero verme como você, é dono desse artefato! - Falei em um tom raivoso e com uma expressão séria em minha cara, eu estava prestes a arrancar a cabeça dele, quando de repente cachorros surgiram atrás de mim.

Parte 18: Dois cachorros corriam em minha direção, ambos com a intenção de me atacar obviamente, mas com a Gunbai eu estava invencível agora e então eu não precisaria me esforçar muito para sair dali, ainda que vira-latas viessem para me atacar eu não precisaria mexer um dedo para matá-los, precisei apenas olhar em seus olhos e os fiz desmaiar, em seguida cortei a cabeça do velho porco que estava ali zombando de mim. Em seguida eu teria que sair dali, não precisei pensar muito sobre isso, apenas usei um katon para derreter as barragens de metal que estavam ali.

Parte 19: Usei o henge no jutsu para criar uma máscara em mim antes de sair dali, eu pude sentir o chakra de outras pessoas ali e provavelmente eram ninjas de Ame, não queria que eles vissem o rosto do Hokage ali invadindo a casa de um dos seus moradores. Ao sair da sala, me deparei com um esquadrão de 10 ninjas de Ame, bem como eu havia imaginado, eles vieram deter a ameaça e pelo visto não eram muito bons não, já que com o balançar da minha Gunbai eu pude matar 4 deles rapidamente, imediatamente eu me acostumei com aquelas arma, deve ser devido ao meu sangue uchiha.

Parte 20: O restante dos ninjas de Ame avançaram em mim com as Ninjakens em mão, seu objetivo estava claro, eles estavam visando a minha cabeça o que chegava a ser engraçado, seis ninjas focando um mesmo ponto... Seria muito fácil defender, posicionei a Gunbai em frente ao meu pescoço e parei o ataque de todos quebrando a lâmina de suas espadas, em seguida fiz um movimento agressivo com a Gunbai partido-os no meio como se fossem brinquedos, era impressionante o que se podia fazer com aquela arma e um pouco de chakra para usar.

Parte 21: Com todos os ninjas de Ame mortos, eu segui o meu caminho para fora dali pela entrada principal da mansão, ao chegar lá me deparei com mais um esquadrão de dez ninjas me esperando, - O que isso? Pra que tantos seguranças em uma única casa? - Foi então que eu soube que, o homem que eu matei era dono de uma organização de segurança em Amegakure, agora todos queriam a minha cabeça, apesar de ele fazer negócios com bandidos ele era bem visto na sociedade de Ame e estava prestes a se tornar um homem do governo.

Parte 22: Meu rosto estava escondido, então não teria que me preocupar, até porque quais as chances de ter um usuário de Doujutsu que pudesse me identificar entre eles? - Pobres tolos, saiam do meu caminho... Caso contrário terei que tirar suas vidas criaturas imundas... - Percebi que eles não saíriam de lá obviamente, então usei o Katon - Gouenkyuu para matar todos de uma só vez, meu ataque foi um sucesso, o esquadrão foi reduzido à cinzas, assim como eu havia feito com o Kazekage que estava em Suna.

Parte 23: Com o meu caminho aberto, eu poderia sair dali finalmente, eu fui para fora daquela vila e segui meu caminho para Konoha mas me encontrei em meio a problemas novamente, um grupo de bandidos ligados a organização Night Raid me cercou enquanto eu caminhava até Konoha, os 8 ninjas que estavam ali, combinaram seus chakras criando um tornado de fogo que avançava em minha direção com o intuito de me queimar e matar, não via problema algum com essa técnica, já que o katon era a minha especialidade não seria algo difícil de enfrentar.

Parte 24: Usei o Chidori Raimei para destruir tudo que estava ao meu redor, com isso matei todos os ninjas que estavam me cercando e ainda inutilizei seu ataque, mas eram todos apenas uma distração, quando olhei para cima, um dragão feito com chakra Raiton surgia do céu vindo em minha direção, imediatamente observei ao meu redor e pude ver o usuário dessa técnia realizando os selos a uns 10 metros de mim, em seguida utilizei o Raikiri para perfurar seu peito, eu avancei muito rápido devido a minha alta agilidade.

Parte 25: Com todos os meus inimigos em relação a Gunbai mortos, eu pude finalmente partir em paz para Konoha, apesar de estar muito longe do poder que o Madara uma vez possuiu, eu me senti o próprio lendário Uchiha com aquela Gunbai em minha costa. O meu orgulho era sem igual para com o meu sucesso nessa missão, agora todos temeriam o poder do Uchiha que carrega o legado do próprio Madara, aquele que uma vez derrotou todos os 5 kages sozinho, sem a ajuda de ninguém apenas de seu talento e habilidade em batalha.



Arma: Gunbai
[Ame] - Entrada / Saída LDhKMVl

3default Re: [Ame] - Entrada / Saída em Seg Fev 16, 2015 10:40 pm

Uzumaki Menma

Uzumaki Menma
Novato
Novato

Nome da Missão: O leque do Menma  Temari.
Rank: D.
Descrição: O Leque está localizado em Amegakure, um homem rico o comprou de alguns mercenários.
Recompensa: 15 Pontos | 750 Ryous | Kyodai Sensu
Posts Mínimos: 20.
Grupo: 1 de suporte
Narrador: Não
Requisitos Mínimos: Ser Gennin. 
------------------------------------------------------------------------------------------------

Post 1: Havia um boato saindo da boca de todos os ninjas de todos os países do mundo, os itens lendários usados pelos ninjas mais habilidosos do passado agora estavam ressurgindo no mundo ninja, sabia que se fosse atrás das mais poderosas com certeza encontraria pessoas que as queriam, e assim teria de batalhar pelo item. Como não queria isso, pensei bem em qual delas teria a menor probabilidade de batalhas.

Post 2: Pelo que pude recolher de informações com os civis e ninjas de Kiri a arma ninja Kyodai Sensu, se baseava em um enorme leque que quanto mais "luas" demonstrasse mais poderoso seria a força de seu vento. Com isso tratei de sair de Kirigakure rapidamente esperando alguns poucos vinte e cinco minutos que mais pareciam horas, a ansiedade de querer chegar ao local e rapidamente ter a arma em mãos tomava conta de minha mente, mas o pensamento de saber que poderia estar em posse de outro também não me fugia.

Post 3: Chegando no porto de Amegakure eu desci e senti o solo, que falta ele me fez, estava muito enjoado dentro daquele navio, isso era um saco em Kiri, todos os meios de transportes passavam pelo mar, respirando fundo e aproveitando o solo pensei como acharia aquele leque dentro daquele país. Poderia estar em qualquer local, pelo que sabia estava em posso de alguns mercenários do país, sai andando até a cidade perguntando para cada pessoa que encontrava: -Ohey, senhor e senhora! Vocês conhecem algum grupo de mercenários aqui no país? A resposta era sempre a mesma "Não se envolva com isso, jovem!"

Post 4:  Mau eles sabiam que eu era um shinobi e que estava procurando mercenários com um objetivo, mas creio que se abrisse o jogo dessa maneira com os civis daquele país coisas boas não poderiam acontecer, por isso tive de procurar o grupo por conta própria. Mas como achar mercenários? Bar. Claro, bares são ótimos locais para se achar pessoas que estão prontas a matar ou roubar por você, por dinheiro claro!

Post 5: No centro da cidade avistei um bar e seu interior era sujo e escuro, e claro, cheio de homens bêbados, me sentei em uma mesa no centro do local e puxei assunto com um homem da mesa ao lado. -Então...estou com pressa por isso serei rápido e breve, okay? Onde eu posso encontrar um grupo de mercenários? Eles tem algo que quero! O homem estava mais fora de si do que todo o resto junto, e ainda mais, o idiota gritava tudo que eu repetia fazendo o resto das pessoas ali prestarem seus olhares a mim.

Post 6: A raiva daquele bêbado inútil me fez perder a cabeça. -Seu idiota. O que custa responder a uma simples pergunta? Agora, querendo ou não ira me ajudar. Dizia tudo enquanto o segurava pelo colarinho, olhando com cara de poucos amigos para todos ao meu redor. -E então, agora que sabem de minha conversa, onde encontro o grupo de mercenários de Amegakure? Alguns pareciam assustados e outros sussurravam entre si, até que um grupo numa mesa no canto disse "O que quer conosco, forasteiro?"



Post 7: Joguei o homem que até então estava segurando e me aproximei do grupo de cinco pessoas, o aparente líder deles estava bem a minha frente, no meio de todos com os pés sobre a mesa, encarei-o de cima abaixo pensando como aqueles inúteis tinham posse de uma arma tão poderosa?!
 -Eu quero algo que... deixe-me ver como posso dizer isso. Hun...Kyodai Sensu. Reconhece? Eles se entre olharam e deram risadas em seguida, estavam de deboche comigo, estavam tirando saro de um ninja, esse povo me irritava com uma facilidade que não podia acreditar.

 
Post 8: Logo num impulso virei a mesa onde o líder deles mantinha os pés apoiados dessa maneira o idiota caiu perante seus subordinados, e antes que ele tomasse conta do que havia acontecido, estava logo em cima dele ameaçando-o com uma kunai -Aprenda duas coisas agora. Primeiro, nunca ria de um ninja na frente do mesmo, e segundo, aprenda a responder de forma direta, onde está a Kyodai Sensu?

 Post 9: Parecia que eles finalmente haviam entendido que não havia viajado para aquele país para turismo, a maioria tinha corrido do local e a essa hora deviam estar longe, mas o meu negócio era com aqueles cinco, ou simplesmente com o líder deles que tratou de abrir o jogo rápido. "Nós o vendemos para um homem muito rico, que mora a alguns quilômetros daqui."

Post 10: Droga, eu não queria perder muito tempo com aquilo, na verdade pensava que seria mais fácil do que está sendo achar aquele leque, pois de acordo com minha pesquisa não seriam muitos ninjas que estaria a procura da Kyodai Sensu. Sai do bar e fui andando pelas estradas da vila, deveria ter aproveitado a chance e feito um interrogatório com aqueles mercenários.

Post 11: Já que não sabia quem era o tal homem, nem onde morava, nem como era sua fisionomia tive de contar com a minha sorte e analise. Se era um homem rico teria uma boa casa, e já que tinha interesse em armas ninjas, tinha envolvimentos com esse mundo ou então era um grande colecionador. Penso que a primeira opção é a certa, ou não.

Post 12: No topo da vila, quase em seus limites haviam duas casas, duas casas de homens ricos já que ambas tinham incríveis jardins e terrenos com altas dimensões, mas qual das duas? Eu tinha um método que nunca havia sido falho comigo, eu o chamava de... "uni duní tê, sala mê minguê, o sorvete colorê escolhido foi vo...cê!"

Post 13:
Sim, era a casa esquerda, com certeza, a segurança de ninjas para guarda-costas deixava óbvia a decisão, mas como eu passaria pela segurança, eram dois ninjas contra apenas um, um esse que era apenas um Gennin de Kiri. Se lutasse diretamente com certeza não teria bons resultados, por isso teria de igualar tudo com Sumi Bunshin, igualar na verdade não, tomar vantagem a mim, já que fiz dois clones.

Post 14: Os clones avançaram em direção dos dois ninjas, o verdadeiro eu se manteria as escondidas para num momento qualquer de distração pudesse passar pelos dois sem ser percebido, não poderia esperar muito, então desfiz os clones com a intenção de quando eles se desfizessem tinta fosse espirrada nos olhos dos guardas.

Post 15: Sucesso, meus planos deram certo e eu estava um passo a frente de conseguir meu objetivo, corri o mais rápido que pude dentro dos jardins e sempre ocultando minha presença dos que pudessem estar ali vigiando a grande mansão. Havia avançado muito na missão e sentia cada vez mais um belo fim.

Post 16: Por um momento pensei no que estava fazendo, estava roubando. Mas ele havia comprado de mercenários que deviam ter roubado de alguém, então estava tudo bem. Parecia que a parte interna não era muito protegida, por isso consegui adentrar facilmente no local.

Post 17: Lá dentro várias coisas se mostravam aos meus olhos, mas minha mente não reconhecia nenhuma, imaginava que o Kyodai Sensu deveria ter um reforço muito maior que o portão e além disso em poucos minutos os guardas viriam atrás de mim, devia ser rápido.

Post 18: Naturalmente abrindo porta por porta perdi muito tempo, a casa era gigante e haviam ainda muitos cômodos a serem vistos, por isso tive de correr contra o tempo e contra os guardas, pelas vozes e passos já estavam atrás de mim.

Post 19: Nos últimos momentos passei mais a fugir dos guardas do que procurar a Kyodai Sensu, tinha de me esconder e no terceiro andar havia uma porta da qual usei para me esconder dos tantos que me caçavam, seu interior? A Sala de Coleções, e a melhor delas era ela sim. Com certeza, mesmo sem querer havia chegado ao meu objetivo, sem pensar duas vezes o retirei do pedestal que estava, aquilo agora era meu.

Post 20: Finalmente, não tinha mais nada a fazer no local, não voltaria a usar os corredores, cheguei a janela quando a porta estava prestes a ser aberta, eles não me pegariam de jeito nenhum, não enquanto eu possuísse a Kyodai Sensu. Mas batalhas devem ser evitadas, eu apenas iria voltar a Kiri.



"O próprio egoísmo de querer manter a paz causa a guerra, e assim nasce o ódio para proteger o amor!"

4default Re: [Ame] - Entrada / Saída em Qui Fev 19, 2015 12:09 pm

Kira Hyuuga

Kira Hyuuga
Admin
Admin

Nome da Missão: Hydra.
Rank: B.
Descrição: A espada foi levada por um grupo de bandidos e está atualmente em Amegakure, sua missão é ir até lá pegá-la de volta.
Recompensa: 14 Pontos | 650 Ryous | Gariantou
Posts Mínimos: 18.
Grupo: 1.
Narrador: Não
Requisitos Mínimos: Ser Gennin. 



Chegando em Ame,já encontrava o tal Sr. com o simbolo de
fogo em sua testa e ele tava parado na entrada do portão de Ame


Estranhei tudo aquilo não parecia ser comum um Sr. que estava prestes
a morrer,fica tão calmo e parado lá,será que ele não sabia de nada?


Será que era ele?,não tinha nenhuma certeza mas mesmo assim puxava uma
kunai e chegava até ele e tava um pulo para trás dele e colocava a kunai em seu pescoço


O Sr. não parecia fica assustado até que ele falou algo que fez eu fica intrigado
"Eu sabia,algum shinobi iria vim me ajudar se eu escrever-se a carta assim..."


"...A verdade é que a espada não esta comigo desculpe-me garoto mas um grupo de ladrão
que estava atualmente no centro de Ame a roubou a algum tempo,e eu tenho que recuperar-la"


Eu tirava a kunai do seu pescoço e ficava conversando com ele e ele me explicava tudo o que
realmente tinha acontecido,ele trabalhava na segurança da arma e roubaram e ele só desejava
uma vingança


Depois de me conta aquilo nos dois seguimos ao centro de Ame para identifica o ladrões
e assim eu iria matar-los para recuperar-la para mim e vinga o Sr.


Era um grupo de ladrão,mas eu acho que conseguiria e minha bandana por um tempo
estava escondida,até por que acho que o Sr...


Não iria gosta de trabalha com um Nukkenin,mas não importava tinha que continua
a missão pois a espada seria muito importante para mim o poder dela poderia me ajudar
futuramente...


Ao chegar no centro já avistava os mesmo,os ladrões tava com uma bata preta bem
parecida com a minha aquilo me irritava...


10/18

5default Re: [Ame] - Entrada / Saída em Qui Fev 19, 2015 12:35 pm

Kira Hyuuga

Kira Hyuuga
Admin
Admin

Nome da Missão: Hydra.
Rank: B.
Descrição: A espada foi levada por um grupo de bandidos e está atualmente em Amegakure, sua missão é ir até lá pegá-la de volta.
Recompensa: 14 Pontos | 650 Ryous | Gariantou
Posts Mínimos: 18.
Grupo: 1.
Narrador: Não
Requisitos Mínimos: Ser Gennin. 

Estava indo embora até que o homem chegou e começou a me agradecer 
e me entrega a espada,que eu quase esqueço que ele disse que ia ser minha

Ele também me avisa que a Kazekage queria falar comigo,então pego a espada
e sigo de volta mas dessa vez para Suna ver o que a mesma queria comigo!

18/18

6default Re: [Ame] - Entrada / Saída em Qui Fev 19, 2015 10:04 pm

Ikimono

Ikimono
Participativo
Participativo

Missão em Andamento:


Nome da Missão: Espada Relâmpago.
Rank: D.
Descrição: A espada foi levada por um grupo de bandidos e está atualmente em Amegakure, sua missão é ir até lá pegá-la de volta.
Recompensa: 15 Pontos | 750 Ryous | Raijin no Ken
Posts Mínimos: 20.
Grupo: 1.
Narrador: Não
Requisitos Mínimos: Ser Chuunin. 

Depois de andar muito, chego ao local determinado para acabar com a minha procura sobre o artefato raro.Na entrada da vila de Amegakure, a espada já me aguardava na mão de um bandido, mas eu ainda tinha de acabar com ele para obter a lâmina do trovão, oque não seria algo tão difícil pois ele não parecia possuir habilidade alguma com armas de curta distância, mal empunhava a espada.Sem que ele me visse, cheguei por trás, saquei minha katana e finquei em suas costas e puxei-a para cima, cortando o bandido ao meio, depois, peguei a espada e sai andando tranquilamente em direção a Iwa.


80/80



[Ame] - Entrada / Saída ECv3vDK
[Ame] - Entrada / Saída LDhKMVl
Armas/Equipamentos:
- Kibaku Fuuda x2 - Kunai x10 - Katana x1
- Kemuridama x2 - Hikaridama x2 - Chaveiros Explosivos 2x - Pergaminho 1x - Makibishi x10

Conteúdo patrocinado



Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum